Guia de como montar um delivery do zero

Começar um negócio quando não temos experiência pode ser difícil. Por isso, para te ajudar criamos esse guia sobre como montar um delivery do zero.

O aumento do setor de delivery vem crescendo e expandindo para outros além da comida.  Sabemos que montar um delivery do zero pode ser difícil, mas estamos aqui para te dar dicas de como se planejar e executar, transformando o sonho do empreendedorismo em realidade.

Quer sabe o que você precisa fazer para começar a vender com um delivery agora mesmo? Continue lendo!

Qual a vantagem de um delivery?

Menor investimento

Muitas vezes o valor disponível para montar um delivery do zero é limitado, seja por condições financeiras ou por receio se dará certo ou não. Por isso, o modelo de delivery pode ser uma boa escolha já que o seu orçamento não ficará comprometido na compra ou aluguel de um local que tenha capacidade de atender as pessoas, decoração, funcionários para fazer o atendimento e entre outras coisas.

Maior oportunidade de local

Não ter que receber seus clientes no local te dá a vantagem de estar em pontos estratégicos. Você poderá, por exemplo, escolher um local com uma maior concentração de residências. Ou então ter um espaço reduzido, já que não precisará ter espaço para comer no local.

Tendência

Após a pandemia podemos dizer que o delivery se tornou um hábito para maioria dos brasileiros. E, apesar do retorno às atividades, muitas empresas adotaram o home office ou modelo híbrido (onde o funcionário só vai alguns dias da semana ou mês para o escritório). Com mais pessoas em casa, a habitual ida a um restaurante no horário do almoço se tornou o momento de pedir delivery.

Oportunidades

Já pensou em aproveitar o negócio ao máximo? Com um negócio totalmente em delivery você pode.

As marcas virtuais te dão a possibilidade de utilizar o seu espaço, estoque e funcionários ao máximo. Além da sua marca principal, você pode ter outras marcas de diferentes culinárias, aumentando a possibilidade de receita gerada sem precisar de investimento.

Como montar um delivery?

Segmento e público alvo

Você decidiu que quer ter um restaurante e irá montar um delivery do zero. Mas você já sabe o que irá vender?

No seu planejamento isso precisa ser a primeira coisa a ser definida, uma vez que você precisará equipar a sua cozinha conforme o que irá vender. Se o seu foco for açaí, por exemplo, o seu maior investimentos será em refrigeração. Caso seja uma pizzaria, precisará entender se o forno será elétrico ou à lenha.

O segmento também te permite a entender um pouco mais do seu público e quais são seus hábitos de consumo. Por exemplo, você deseja ter um restaurante que seja de saladas e comida fresca. Pessoas que buscam esse tipo de alimento têm tendência a terem uma vida mais saudável e podem, também, ter uma maior inclinação para assuntos ambientais. 

Você pode estar se perguntando o que isso tem a ver com você e a resposta é: tudo! Entender quem compra de você pode te ajudar a proporcionar uma melhor experiência. Nesse caso de um restaurante de salada, você poderá pensar sobre as embalagens e práticas sustentáveis, falar sobre produtores locais, de onde cada ingrediente veio, enfim, muitas coisas.

Caso você esteja planejando fazer o delivery na sua casa, entenda qual é o público e restaurantes próximos. Sendo um morador da área, você consegue ter a visão de consumidor sobre o que está “faltando” na sua região.

Concorrência

Uma forma de saber o que fazer e para onde ir é através da sua concorrência. Você já pesquisou quem está no mercado? Por quando eles estão vendendo seus produtos? Qual é a qualidade desse produto? Como funciona a divulgação deles? Qual é o posicionamento deles? Qual é a embalagem que eles usam? 

Ter essas respostas pode te ajudar a pensar no seu negócio como um todo, podendo tomar ações que te diferenciem ou evitem erros. Uma das melhores formas de avaliar um outro negócio é fazer uma lista de prós e contras dos seus concorrentes. Depois faça uma avaliação do que você na posição de consumidor acredita que garantiu uma boa ou má experiência.

Local

Uma forma de saber o que fazer e para onde ir é através da sua concorrência. Você já pesquisou quem está no mercado? Por quanto eles estão vendendo seus produtos? Qual é a qualidade desse produto? Como funciona a divulgação deles? Qual é o posicionamento deles? Qual é a embalagem que eles usam? 

Ter essas respostas dessas e de outras perguntas pode te ajudar a pensar no seu negócio como um todo, permitindo tomar ações que te diferenciem ou evitem erros. Uma das melhores formas de avaliar outro negócio é fazer uma lista de prós e contras. Depois, faça uma avaliação do que você, na posição de consumidor, acredita que garantiu uma boa ou má experiência.

Cozinha

Com o segmento definido, espaço escolhido, chegou a hora de você entender quais equipamentos você irá precisar comprar e saber qual será o investimento necessário.

Temo um artigo que pode te ajudar com isso e você pode acessar para consultar. Mas não se esqueça: é muito impontante você considerar a capacidade do local e do seu orçamento.

Processos

Essa é uma das partes mais importantes e poderá te ajudar muito no seu dia a dia e dos funcionários.

Nesse momento você ira criar o seu cardápio. Com base nisso, você terá que ter algumas informações para que quando o seu negócio crescer, você consiga entender o quanto a mais precisará gastar. Por isso, é muito importante que você faça uma ficha técnica dos seus pratos.

Além disso, você também precisará entender como a cozinha será montada. Pensando nos seus pratos e como eles são feitos, você pode montar uma sequência de passos que te ajuda a organizar para que você não perca tempo e otimize ao máximo sua operação.

Plataformas

Você já tá pronto para vender, mas… Por onde?

Existem algumas opções quando se trata de canal de venda. Hoje em dia as principais são:

  • Aplicativos de terceiros: aqui entendemos que o seu canal de venda será uma plataforma criada por terceiros como iFood, Rappi, Aiqfome, 99Food. Esses aplicativos possuem algumas taxas que varia de 12% a 30% em cima do valor do pedido, também podem cobrar taxa pelo processamento do pagamento online ou mensalidade. A vantagem dessas plataformas é que você tem acesso à base de clientes dela, o que faz com que seu restaurante apareça para clientes que busquem por um prato que você serve ou então pelo tipo seu tipo de culinária. A logística de entrega também pode ficar a cargo do aplicativo.
  • Aplicativos próprios: como o nome diz, o aplicativo é seu. Através de uma plataforma ou desenvolvedor, você criará um aplicativo do seu restaurante onde as pessoas poderão acessar e realizar pedidos. A vantagem dessa escolha é que você consegue fazer a captação de dados dos seus clientes, podendo investir em ações de marketing específicas conforme o cliente. Se for um cliente que já não compra com você a um tempo, você poderá fazer alguma promoção. A logística de entrega fica a cargo do restaurante, mas diversas plataformas já fazem integrações com plataformas que prestam esse tipo de serviço.
  • WhatsApp: muito utilizado pelos brasileiros, a rede social é um ótimo canal de venda. Com um número empresarial você consegue adicionar o seu cardápio, colocar respostas automáticas, ter um contato mais próximo com os seus clientes. Um dos pontos negativos, entretanto, é que o atendimento pelo WhatsApp pode demandar um funcionário e trabalho manual, abrindo espaço para erros. Por isso uma boa saída é a automação desses pedidos. A logística de entrega também fica a cargo do restaurante, mas você pode contar com parceiros logísticos.

Divulgação

Uma boa divulgação é uma das principais formas de receber pedidos e também expandir sua base de clientes. Hoje, com as redes sociais e diversas tecnologias, não é necessário o investimento em panfletos para serem entregues nas casas próximas ao seu restaurante. Ou seja, seu alcance pode ser muito maior!

  • Redes sociais: estar em uma rede social é obrigatório. Além de mostrar os seus produtos, você consegue criar conexão com os seus clientes, mostrando por trás dos bastidores, divulgando promoções, criando conteúdo
  • Anúncios: ainda por meio das redes sociais, você conseguirá divulgar o seu restaurante para os usuários que estão no seu raio de cobertura. Existem diversas estratégias que para utilizar, mas uma das mais populares é fazer anúncios de acordo com horário, dia da semana com menor movimento e promoções.
  • Google Meu Negócio: você já procurou algum estabelecimento no Google? Diversas pessoas fazem isso para conseguir mais opções perto de casa, que não estejam em aplicativos de terceiros. Por isso, é importante que o seu perfil empresarial no Google esteja com as informações de contato corretas, de funcionamento e também fotos. Você pode até mesmo disponibilizar o seu cardápio.
  • Parcerias: que tal você juntar forças com outro negócio próximo a você? É comum pensar que isso não pode dar certo e que você está perdendo um cliente, mas não é bem assim. Caso o seu restaurante não tenha sobremesas, por exemplo, e você conhece um negócio com esse foco, por que não fazer uma parceria? Assim você consegue dar algum desconto, utilizar os dois restaurantes para vendas casadas, enfim. É importante conversar e formalizar para que nenhuma das partes possam ser pegas de surpresa.
  • Cupom por indicação: uma das formas mais simples e práticas da divulgação é o boca a boca. Oferecer um desconto é ganhar em dobro: você irá incentivar a pessoa que já cliente a fazer uma nova compra e um novo cliente que poderá entrar para sua base.

Sabemos que o setor de delivery muda constantemente e pode ser muito desafiador. Esperamos que com esse guia você consiga ter mais segurança para abrir o seu negócio.

Para mais dicas sobre delivery, acompanhe nosso blog e nossas redes sociais!

Enviar este formulario significa que ha aceptado nuestros Términos de servicio.
Download icon

Sign up for Otter's new Manual Orders feature today!

This is some placeholder text by Ollie
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Next article

Learn more about Otter's integrations

This is some placeholder text by Ollie.

Latest blog posts

Sometimes you just want a little extra. Extra support. Extra features. Extra everything.